Sobre o que você quer saber?

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Vitamina em excesso faz mal à saúde


Elas são suplementos facilmente encontrados e com preços bem acessíveis, mas é preciso tomar muito cuidado com o seu consumo e com a nossa nada aconselhável mania de auto-medicação:

 “Só o profissional vai saber as vitaminas que a pessoa precisa e em qual quantidade. A dose deve ser ajustada a cada um”, explica Mariana Garcia, nutróloga do Hospital Quinta D’Or.

 Efeitos colaterais do mau uso 

A ingestão de vitamina C pode provocar a formação de cálculos nos rins, além de desencadear problemas gastrointestinais, como diarreia. Segundo a médica, a dose diária recomendada da substância é de, no máximo, 0,09 grama. Porém, alguns suplementos chegam a ter 2 gramas.

Já no caso da vitamina D, o consumo exagerado por um longo período pode, em lugar de fortalecer os ossos, provocar calcificações no coração.

Os efeitos da superdosagem da vitamina B6 podem afetar os nervos e prejudicar os movimentos usados para se caminhar.

Por isso, lembre-se: antes de começar a fazer uso de qualquer suplemento alimentar, procure o seu médico.

Nenhum comentário: