Sobre o que você quer saber?







sexta-feira, 31 de maio de 2013

Cuidados com a saúde no tempo seco

A baixa umidade do ar nas últimas semanas pode ocasionar problemas respiratórios como ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz.

 Segundo o pneumologista Dra. Cristina de Mendonça Martins de Teixeira (CRM 83658), do Hospital e Maternidade Brasil, em São Paulo, alguns cuidados simples podem minimizar e evitar os problemas de saúde decorrentes dessa época do ano.

“Beber bastante líquido como água e sucos naturais ajudam a manter o corpo hidratado e evita a sensação de ressecamento”, complementa o especialista.

 Além disso, o cuidado com a casa está entre as medidas que podem amenizar o desconforto. Evitar o acúmulo de poeira, que desencadeia problemas alérgicos e manter o ambiente umidificados com toalhas molhadas, por exemplo, também ajudam os problemas decorrentes do tempo seco.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Última oportunidade para trainnes e estagiários!

Gostaria de trabalhar no Hospital Copa D’Or?

 Encerram-se nesta semana os processos seletivos abertos pela Rede D’Or São Luiz para o Hospital Copa D’Or. Confira as vagas disponíveis e inscreva-se clicando no título!


                                                                 
  Processo seletivo para enfermeiro trainee 

 O profissional será capacitado para trabalhar nas áreas de Terapia Intensiva adulta e pediátrica do hospital. Para se candidatar é necessário estar formado na área de Enfermagem há, no máximo, 18 meses, com CR igual ou superior a 7 e disponibilidade de horário para o trabalho.



 Processo seletivo para estágio 

 O aluno será instruído para auxiliar ao atendimento de pacientes de alta complexidade nas áreas de terapia intensiva clínica, cirúrgica, neurológica, cardiológica, ventilatória e semi-intensiva do Hospital Copa D'Or.

 Para se inscrever, é preciso estar cursando no mínimo o 6º ano de graduação ou faltando 1 ano para o término do curso.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Tratando da conjuntivite

As mudanças de tempo e a baixa umidade são fatores que contribuem e muito para o aparecimento da conjuntivite alérgica e a infecciosa.

 Os sintomas já são bastante conhecidos, mas vale à pen a lembrar? Sensação de areia nos olhos, vermelhidão, secreção e dificuldade para abrir os olhos pela manhã. Mas, antes de sair ao médico, é preciso ter um pouco de prudência para checar se o caso de fato evolui ou se ele não passa de uma irritação mais forte.

 Em matéria ao jornal Extra, a oftalmologista Andrea Lima (653349) explica que um truque bastante utilizado para saber se você está com conjuntivite é levantar a pálpebra e ver se todo o olho também está avermelhado. Caso a resposta seja positiva, é só tratar: soro e acompanhamento de um oftalmologista para cuidar da doença.

 Confira o infográfico feito pelo jornal para ilustrar a matéria:


sexta-feira, 24 de maio de 2013

Fatores que influenciam a Lesão por Esforços Repetitivos


Na sociedade de hoje, que passou por mudanças nas formas de trabalhar, principalmente pela inserção do uso do computador, ouve-se muito sobre LER (lesão por esforço repetitivo).

 Ao contrário do que a maioria acredita, LER não é uma doença, mas sim mecanismos que incluem esforços de repetição e que podem levar a diversas patologias relacionadas ao trabalho, chamadas de DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

 Para o ortopedista e traumatologista do Hospital e Maternidade Rede D’Or São Luiz Dr. Vinicius Martins (CRM:79539), as doenças geralmente ocorrem devido às repetições dos mesmos músculos durante um período prolongado, fazendo um esforço excessivo maior do que podem suportar.

 Dores crônicas, inflamação ou sensação de calor na região são alguns dos sintomas mais comuns que podem levar, em casos mais avançados, à alteração de sensibilidade ou perda da força e coordenação motora.

 Para o especialista, é importante um diagnóstico preciso e o tratamento deve ser analisado caso a caso. Em geral, a forma preventiva é a mais indicada, com atividades físicas, alongamento e fortalecimento, evitando a sobrecarga e priorizando o descanso após longos períodos de atividades repetitivas.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Como detectar o câncer de mama em mulheres mais jovens?


O artigo publicado pela atriz Angelina Jolie no jornal Times ajudou a levantar um debate bastante relevante nos dias de hoje: quais são os recursos disponibilizados hoje pela medicina para detectar o câncer na mama em pacientes mais jovens.

 Os exames preventivos são indicados a partir dos 40 anos. Mas, por diversos fatores relacionados ao estilo de vida, a incidência entre a parcela de mulheres que apresentam a doença cresce de forma contínua.

 Em entrevista ao jornal O Globo, o oncologista Gilberto Amorim (CRM 23896) fala sobre esse novo desafio imposto à medicina moderna.

Acesse nosso site e confira a matéria completa!

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Com dúvidas sobre o câncer de mama?

Assista a entrevista que o médico oncologista Gilberto Amorim, Coordenador do Grupo de Oncologia Mamária do Centro de Oncologia Rede D’Or, deu ao programa Sem Censura, falando sobre o diagnóstico e tratamento da doença e os novos avanços da medicina que proporcionaram um tratamento mais tranquilo e com maiores chances de êxito.


sexta-feira, 17 de maio de 2013

Saiba mas sobre o congelamento de óvulos


Veja se você se reconhece nesta situação: jovem, cheia de planos, sonhos, desejos e planos a longo prazo para concretizar, porém com um grande desejo de ser mãe e o medo de, quando imaginar que “chegou a hora”, a questão da idade possa ser um obstáculo para a concretização desse projeto.

 Se você consegue se enxergar neste caso, saiba que a tecnologia trouxe uma solução que pode te tirar essa preocupação da mente: o congelamento de óvulos, uma prática que vem sendo cada vez mais adotada e difundida por quem deseja esperar um pouco mais para ser mãe. 

Como funciona? 

 Após tomar hormônios para induzir a ovulação (que gera cerca de 15 a 20 óvulos), a mulher passa por um procedimento que os retira e leva-os a um recipiente de nitrogênio líquido a menos 196 graus Celsius, onde ele permanece até que a sua “dona” decida usá-lo.

 A maior vantagem deste procedimento é que, caso uma mulher de 40 anos tenha congelado seus óvulos ao 20, sua gravidez tem grandes chances de decorrer da mesma maneira que ocorreria se ela houvesse engravidado quando jovem. “É como fazer um seguro reprodutivo”, compara a ginecologista Maria Cecília Erthal, diretora do Centro de Fertilidade da Rede D’Or São Luiz, no Rio de Janeiro, em entrevista à revista Nova.

 Existem riscos? 

 Ao ingerir os hormônios que estimulam a produção de óvulos, pode ocorrer uma reação que desencadeia em dores abdominais. Porém, com o devido acompanhamento médico, este problema pode ser evitado.

 No procedimento normalmente adotado, os óvulos são aspirados por meio de uma agulha introduzida pela vagina que pode, em caso de erro, atingir um vaso importante da pelve ou provocar contínuo sangramento ovariano. Em situações como essa, a mulher é submetida a uma laparoscopia diagnóstica para contenção do sangramento.

 Vale à pena? 

 Como dissemos anteriormente, se você tem planos que não envolvem bebês, mas deseja ser mãe e ter uma gestação tranquila (na medida do possível), por questões fisiológicas (casos de menopausa precoce) ou vai se submeter a um tratamento que pode causar infertilidade, esta é uma alternativa que, apesar de custosa, se mostra bastante benéfica tanto para a saúde da mãe como da criança.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Cuidando do coração feminino


Em matéria para a Revista Ana Maria, o cardiologista João Vicente da Silveira (CRM:70516), do Hospital e Maternidade Rede D’Or São Luiz, em São Paulo, fala sobre a importância das mulheres se preocuparem mais com o estado do seu coração após os 40 anos.

 Segundo a matéria, após o início da menopausa, é imprescindível que as mulheres comecem a realizar check-ups periódicos. “Hoje, elas enfartam cada vez mais cedo por causa da má alimentação, de colesterol elevado e obesidade, entre outros fatores. Por isso, a partir dos 30 anos, a mulher deve procurar um cardiologista para fazer exames preventivos“, recomenda o médico.

 Além disso, outros fatores podem influenciar no surgimento de doenças cardíacas, entre eles:

- Pressão elevada
- Colesterol alto
- Obesidade
- Sedentarismo
- Diabetes
- Fumo e álcool
- Histórico familiar
- Idade

 Portanto, garotas, cuidem-se!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Maternidade São Luiz lança aplicativo gratuito às mamães

A Rede D’Or São Luiz lança o “Bebê São Luiz”, uma plataforma digital completa para iPad que acompanha as gestantes desde o início da gravidez até o primeiro ano de vida do bebê.

O aplicativo é gratuito e composto por conteúdo sobre gravidez e uma série de funcionalidades que visam atender às necessidades das mães contemporâneas, cada vez mais atualizadas e adeptas às novas tecnologias.

Seu diferencial é unir informações úteis a outras funcionalidades como babá eletrônica, cronômetro de amamentação, cromoterapia para o bebê e diário de foto. Planejado pela área de Marketing e criado em parceria com a empresa Ínsula Comunicação, está disponível na Apple Store para iPad e, em junho, para iPhone. Acesse a Apple Store e adquira o aplicativo.

 A coordenadora responsável pela maternidade do Hospital e Maternidade São Luiz, Dra. Márcia Maria da Costa, destaca a praticidade do aplicativo. “O Bebê São Luiz é um aplicativo pioneiro na área de Maternidade, reunindo em um só produto informações que vão desde o início da gravidez até o primeiro ano de vida do bebê”, explica a médica.

“Foi cuidadosamente elaborado por uma equipe médica e multidisciplinar para auxiliar a mãe moderna, que desempenha múltiplas funções, e que não tem tempo a perder, a acessar facilmente informações necessárias para aproveitar muito esta fase tão encantadora”.

 Através do Bebê São Luiz, a mãe acompanha semanalmente dicas de saúde, sintomas de gravidez, alterações físicas e hormonais, evolução do bebê, dentre outras informações. O conteúdo foi elaborado por 14 consultores da área de saúde como obstetras, pediatras, neonatologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas e fisioterapeutas.

(Clique na imagem para visualização completa)


sexta-feira, 10 de maio de 2013

Como surge o cálculo renal?

O médico urologista Archimedes Nardozza (CRM: 49900) explica em um dos vídeos feitos para o canal Discovery Home & Health como os cálculos são formados e fala sobre os sintomas que anunciam a doença e métodos de tratamento.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Hábitos que ajudam no combate à hipertensão


Em uma matéria para a revista Viva Saúde, o nutrólogo Arthur Delgado (CRM 13861), do Hospital Assunção, em São Paulo, falou sobre como, em casos em que os pacientes não possuem pré-disposição para hipertensão, a prevenção com hábitos simples como redução do consumo de sal, controle da obesidade e aleitamento materno são algumas das opções no combate contra a doença.

 Além disso, o especialista ainda dá cinco dicas para prevenir a hipertensão e aumentar os benefícios a saúde:

 Diminuir o consumo de sal e cloreto de sódio nos produtos industrializados que utilizam o sal como forma de conservante.

 Alimentos enlatados e de rápido preparo são ricos em cloreto de sódio. Por isso, deve-se evitar o consumo exagerado de ambos.

 O aleitamento materno é um grande aliado na prevenção da hipertensão ao longo da vida. O leite possui um teor menor de sal do que as outras formas lácteas e faz com o que recém-nascido se acostume com baixas quantidades de sal.

 Combater a obesidade que por ser um dos fatores relacionados à causa da hipertensão é importante que haja controle do peso e acompanhamento médico para uma alimentação saudável.

 Realizar atividades físicas, pois a prática esportiva é um hábito saudável e que irá ajudar a melhorar o condicionamento físico.

 O cigarro é um dos vilões da hipertensão, as substâncias do fumo são tóxicas e podem fazer a pressão aumentar.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Vitórias do Hospital da Criança


Finalizando seu segundo mês de existência, o Hospital Estadual da Criança, em Vila Valqueire, irá comemorar a realização dos primeiros transplantes de fígado e rim e das primeiras cirurgias oncológicas da unidade, ambos com sucesso, totalizando 130 procedimentos cirúrgicos, como explica a matéria publicada no jornal O Fluminense.

 De acordo com a matéria, a direção do Hospital Estadual da Criança informa que a equipe está apta a receber todos os pacientes pediátricos que hoje aguardam para realizar uma cirurgia de urologia no Hospital Federal de Bonsucesso.

 - Estamos funcionando a pleno vapor. A nossa meta para o primeiro mês era realizar 35 cirurgias; mas já fizemos 42. No segundo mês, mesmo antes de encerrar o período de 30 dias, já superamos a meta em 28%. Temos o cirurgião infantil Francisco Nicanor comandando essa equipe superespecializada - destacou a diretora Heloísa Aranha.

 Para isso, basta que a unidade de origem cadastre o paciente na Central Estadual de Regulação. Além das cirurgias oncológica e de transplante, foram realizadas nestes dois primeiros meses 130 cirurgias - 70 ortopédicas, 51 gerais e uma biópsia - e 297 consultas ambulatoriais. Tudo isso em um ambiente que prioriza o conceito de humanização, decorado de forma lúdica para promover o bem-estar dos pequenos pacientes.

 - O mais importante é que hoje o Rio de Janeiro tem uma unidade apta para realizar esse tipo de transplante e não é mais necessária a transferência desses pacientes para outros estados. Não existe a possibilidade dos órgãos serem desperdiçados – explicou o responsável pelo procedimento, o cirurgião José Maria Figueiró, renomado especialista internacional de transplante de rim e pâncreas que agora integra as equipes do Hospital Estadual da Criança e do Centro Estadual de Transplantes.

Quer saber mais? Acesse o link e confira a matéria na íntegra!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Palestra do Centro de Tratamento de Obesidade nesta segunda!

O Centro de Tratamento de Obesidade do hospital Quinta D’Or organiza mensalmente palestras sobre a conscientização do tratamento e cuidados necessários que o paciente precisa tomar antes, durante e após a cirurgia bariátrica.

 Nesta próxima palestra, que acontece segunda, dia 6 de maio, o tema ser discutido será “Anestesia em cirurgia para a obesidade” e contará com a participação da anestesiologista Dra. Angélica de Andrade Costa.

 Gostaria de participar?

 A reunião acontece no Auditório anexo no Centro de Oncologia do Hospital Quinta D'Or, das 18h às 20 horas.

Você pode se informar também pelos telefones: (21) 3461-3907 ou 3461-3520. Não é necessário se inscrever, basta comparecer ao local!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Hospital da Criança realiza primeiro transplante de rins

Assista a matéria sobre o primeiro transplante de rins realizado pelo Hospital Estadual da Criança, que conta com a coordenação do Instituto D’Or de Gestão de Saúde Pública:

video