Sobre o que você quer saber?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Esporte e disciplina para as crianças



Domingo será um dia especial para mais 1.500 crianças cariocas. Elas, que mal aprenderam a andar, participarão da corrida de São Sebastiãozinho, evento que faz parte das comemorações do dia do padroeiro da cidade.

O grande número de crianças inscritas não surpreende alguns pais que incentivam os filhos à prática de esportes atraídos pelos benefícios que, agora, a ciência confirma.

Uma revisão de estudos publicada na revista científica Archive of Pediatrics & Adolecent Medicine indicam que crianças que realizam atividades físicas apresentam melhor rendimento na escola.

“A explicação está na maior capacidade de concentração e no raciocínio mais rápido estimulado pelo esporte”, explica Dr. Angelo Leal, médico chefe do serviço de pediatria do Hospital Quinta D’Or.

Os benefícios, contudo, já são velhos conhecidos dos pais. A assistente administrativa, Juliana dos Reis, não titubeou quando a filha Yasmim completou 3 anos. “Matriculei no balé, depois ela passou para o jazz, capoeira e agora, com 11 anos, vôlei. Ela é uma criança disciplinada por causa do esporte”, afirma Juliana.

O médico Carlos Stipp esperou mais tempo para iniciar o filho. João Pedro, hoje com 10 anos, nada desde os seis. “Além dos benefícios físicos, o João também ganhou concentração e aprendeu a ser mais organizado. Mente sã em corpo são”, diz Stipp.

João e Yasmim já confirmaram presença na corrida de domingo. O interesse deles pelo esporte é usado pelos pais como moeda de troca pelo bom comportamento e dedicação aos estudos. Mas a medida parece nem ser necessária. Só a prática já teria este efeito.

“As crianças precisam gastar energia. Assim elas ficam mais tranquilas quando voltam para casa, além de concentradas e menos agressivas”, afirmou o pediatra Angelo Leal.
Fonte: Jornal Extra

Nenhum comentário: